Lições do bambu chinês

Março_2017_04

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, nada se vê por aproximadamente cinco anos; exceto o lento desabrochar de um diminuto broto à partir do bulbo.

Durante cinco anos, todo o crescimento é subterrâneo, quase invisível a olho nu, mas… uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que      se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída silenciosamente.

Então, ao final do quinto ano, o bambu chinês, começará a crescer até atingir a altura de vinte e cinco metros.

Um escritor com o nome de Covey escreveu:

“Muitas coisas em nossas vidas, tanto pessoal quanto profissional, são iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo e aprendizado, esforço, faz tudo o que pode para fortalecer seu crescimento, e às vezes nada vê por semanas, meses e anos. Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e se fortalecendo, o seu quinto ano chegará, e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava.”

            O bambu chinês nos ensina que não devemos desistir facilmente de nossos projetos, de nossos sonhos, de nossos trabalhos, de nosso crescimento.

Aprendemos também a importância de uma boa preparação para a realização de grandes projetos, em especial os que envolvem mudanças de comportamento, de pensamento, de cultura e de sensibilização.

Lembremo-nos sempre do bambu chinês ante as dificuldades, aquelas diante das quais pensamos em desistir, e elas surgirão o tempo todo.

Tenhamos sempre dois hábitos positivos:
Persistência e paciência para alcançarmos todos os nossos sonhos.

Lembrando que é preciso muita fibra para chegar às alturas, e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar até o chão, embalados pelos ventos das adversidades.

Pense nisto. Com abraços do Luiz Arantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>